Belmetal e CBA fecham parceria para construção civil

Acordo fortalece a atuação da CBA no setor à medida que reforça a participação da Belmetal como principalplayerna distribuição de alumínio

No mês de Agosto de 2010, a Belmetal, maior distribuidora de produtos laminados e extrudados de alumínio do país, e desenvolvedora de sistemas para fachadas e esquadrias, e a CBA (Companhia Brasileira de Alumínio), empresa da Votorantim Metais, completam um ano da parceria que fortalece a competitividade das duas empresas no segmento de construção civil. Com o objetivo de conquistar a liderança no mercado de alumínio para este setor, a operação resultou em sinergias operacionais que contribuíram para otimizar o atendimento aos clientes e reflete o sucesso de uma relação comercial existente há mais de 40 anos.

A Belmetal é a distribuidora exclusiva para o mercado de construção civil dos produtos extrudados e telhas de alumínio produzidos pela CBA, a maior produtora de alumínio primário do Brasil.

"Com a atual perspectiva brasileira de crescimento, as duas empresas ganharam um grande diferencial competitivo para conquistar e consolidar posição de liderança no mercado de fachadas e esquadrias de alumínio para a construção civil", afirma Wellington Germano de Queiroz, fundador e diretor presidente da Belmetal. As duas companhias têm participação conjunta em projetos nacionais como: exploração do pré-sal, obras do PAC, projeto Minha Casa Minha Vida, construção e modernização dos estádios para a Copa do Mundo de futebol em 2014, e as Olimpíadas em 2016, no Rio de Janeiro.

O principal foco da parceria é a liderança na oferta de produtos e soluções em alumínio para fachadas e esquadrias e o suprimento sustentado e garantido em um ciclo de forte crescimento da economia nacional, unindo a experiência da Belmetal no relacionamento com construtoras, fabricantes de esquadrias, consultores, arquitetos e engenheiros, com excelente portfólio de obras em todo Brasil e Mercosul, com a alta capacidade produtiva e o reconhecimento do mercado eexpertiseda CBA como a principal empresa produtora de alumínio primário do país.

Além disso, acrescenta-se ainda ao portfólio das companhias a grande variedade de produtos consolidados da Belmetal, com qualidade reconhecida nos mercados nacional e Mercosul. Outras vantagens incluem a garantia de estoque dos produtos transformados de alumínio em todo o território nacional e à pronta-entrega, tanto para construtoras quanto para fabricantes de esquadrias.

A Belmetal realiza treinamento aos fabricantes de esquadrias homologados, disponibilizando o banco de dados de seus sistemas para o programa CEM- Calculo de Esquadrias, a fim de facilitar a execução de orçamentos aos usuários. Adicionalmente, a Belmetal disponibiliza estampos para a fabricação dos seus sistemas.

Está em curso a instalação de duas novas prensas de extrusão na fábrica de Alumínio da CBA que permitirão, a partir dos próximos meses, o aumento gradual da capacidade de produção de perfis de alumínio, alcançando 70 mil toneladas de extrudados por ano. O plano da Votorantim Metais é de investir R$ 1 bilhão em 2010, sendo que R$ 400 milhões serão destinados para o setor de Alumínio. "Esta parceria consolida a nova estratégia comercial da Votorantim Metais voltada para estreitar e aperfeiçoar o relacionamento com os clientes do setor da construção civil. A união garante agilidade, aperfeiçoamento nos prazos de entrega e possibilidade de desenvolvimento de novos negócios aos clientes", diz Luis Carlos Loureiro Filho, diretor comercial da CBA.

A Belmetal possui uma equipe técnica de suporte para as soluções otimizadas ao mercado, com áreas de engenharia e de desenvolvimento de produtos que acompanham a obra do início ao fim. A matriz corporativa está localizada em São Paulo e sua rede conta com 12 filiais presentes estrategicamente pelo Brasil, nas cidades de Belo Horizonte (MG), Balneário Camboriú (SC), Campinas (SP), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Porto Alegre (RS) , Recife (PE), Ribeiro Preto (SP), Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Salvador (BA) e Vitória (ES).


Fonte: Estadão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *