Notícias

Caterpillar impulsiona sua marca chinesa no mercado brasileiro

 

A Caterpillar lançou no Brasil duas carregadeiras de rodas de sua marca SEM. As máquinas serão importadas da China, onde são produzidas. A multinacional norte-americana usará sua estrutura bem estabelecida no mercado brasileiro para impulsionar os novos produtos.

Segundo a Caterpillar, as máquinas SEM não concorrem com outros equipamentos do grupo. “A SEM possui equipamentos de suporte e atividades de apoio. Já a Caterpillar oferece equipamentos essenciais, para aplicações severas”, explicou durante a apresentação das carregadeiras, em Piracicaba (SP), o gerente comercial da SEM para a América Latina, Cristiano Trevizam.

“As peças e componentes dos produtos SEM foram integrados pela Caterpillar em seus centros de distribuição. No Brasil, o CD da empresa opera em Piracicaba, abastecendo todo o Cone Sul. Com isso, fica garantida a agilidade e flexibilidade no atendimento aos clientes”, acrescenta.

A distribuição dos produtos SEM no Brasil será feita pelos revendedores Supertek, que pertence a Pesa, dealer da Caterpillar na região Sul; e Sematech, ligada a Sotreq, já distribuidor da marca norte-americana nas regiões Sudeste, Centro-Oeste, Nordeste e Norte.

A marca chinesa SEM, que completa 60 anos de existência, foi adquirida pela Caterpillar em 2008, que passou a produzir em sua planta além de carregadeiras de rodas, motoniveladoras, tratores de esteira e rolos compactadores. Em 2016, o grupo desenvolveu mais sinergia com a empresa da China. Seus produtos estão sendo oferecidos essencialmente nos mercados em desenvolvimento, como América Latina, parte da Ásia, África, Oriente Médio, Rússia e América Central. “Nosso foco é também com países que operam com motor Tier 3”, ressalta Cristiano.

O executivo afirma que os produtos SEM no Brasil terão a “retaguarda” da Caterpillar. Os equipamentos da SEM possuem componentes não necessariamente aplicados nas máquinas Caterpillar. Uma das carregadeiras lançadas no Brasil opera com motor Cummins, e não Perkins, que pertence ao grupo Caterpillar.

A escolha das carregadeiras para impulsionar a marca SEM no Brasil, de acordo com a Caterpillar, foi feita a partir de estudos de demanda, e visam atender principalmente o mercado de construtoras pequenas e médias e o setor agrícola. “Pretendemos lançar outros produtos da SEM no Brasil”, disse Cristiano, sem especificar ainda quais.

As carregadeiras de rodas da marca SEM são os modelos SEM618D e SEM636D. Trata-se de lançamentos da última versão desses equipamentos, que é da série D. Os modelos, segundo a Caterpillar, foram projetados pelo grupo e primam pela robustez, eficiência e segurança, embora em versões mais simples do que as máquinas Cat.

A carregadeira de rodas SEM618D tem capacidade de carga de 1.800 kg e sua caçamba é uma inovação. O motor é de 84 hp.

Já a carregadeira de rodas SEM636D possui capacidade de carga de 3.000 kg. O motor Cummins de 130 hp trabalha em conjunto com a transmissão otimizada que, de acordo com a ficha técnica do produto, garante mudanças de marcha precisas e suaves, mesmo nas mais rígidas condições de trabalho.

Todos os produtos SEM contam com acesso às linhas de financiamento do Banco Caterpillar.

0
  Noticias relacionadas

Add a Comment


Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE