Notícias

Grupos pressionam por concessões de aeroportos ainda este ano

Grupos interessados nos três blocos de concessão de aeroportos no País pressionam o governo para licitá-los até o final do ano. A preocupação é que o processo tenha revés por conta do novo governo que assumir em 2019.

A Secretaria de Aviação Civil pretende licitar uma leva de aeroportos hoje administrados pela Infraero em três blocos. O bloco Centro-Oeste é integrado por aeroportos localizados no Estado do Mato Grosso: Cuiabá, Rondonópolis, Alta Floresta e Sinop.

O bloco Nordeste inclui os aeroportos de Aracaju (SE), Campina Grande (PB), João Pessoa (PB), Juazeiro do Norte (CE), Maceió (AL) e Recife (PE).

Por fim, o bloco Sudeste conta com os aeródromos de Macaé (RJ) e Vitória (ES).

Recentemente, o TCU pediu ajustes ao governo nos editais de licitação. Nos aeroportos de Cuiabá e Vitória, por exemplo, foram solicitados novos estudos de engenharia. No de Macaé, o TCU pediu diminuição dos investimentos previstos.

Grupos nacionais e internacionais têm demonstrado interesse nas futuras licitações aeroportuárias, mas fontes do governo informam que eles pedem pressa por conta de possíveis mudanças que possam ocorrer no processo com o resultado das eleições.

 

 

 

 

 

Leia mais sobre Concessões:

Aeroportos: concessões em blocos combinando terminais rentáveis e deficitários

Prorrogação de 5 concessões pode gerar R$ 25 bi

Linha 13 da CPTM pode entrar no pacote de concessões

Governo aloca R$ 10 bi para concessões municipais

Governo prepara novo pacote de concessões

0

Add a Comment


Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE