Investidores mostram interessem em projetos de infraestrutura

Os primeiros dias do ano têm sido marcado pela consulta por investidores estrangeiros aos primeiros projetos a serem colocados à disposição pelo novo governo federal dentro do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), que tem a finalidade de celebrar acordos com a iniciativa privada no âmbito da infraestrutura.

O governo atual anunciou que nos primeiros 100 dias de 2019 projetos aeroportuários, ferroviário e portos já elaborados pelo governo anterior seriam licitados. E são estes que os investidores estão mais buscando informações junto a instituições de estudos e alinhamento de operações em infraestrutura. Abaixo, segue relação desses projetos:

Aeroportos – 12 Aeroportos serão concedidos em três blocos – Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste – pelo prazo de 30 anos. Os investimentos são de R$ 2,15 bilhões para o Nordeste; de R$ 770 milhões para o bloco Centro-Oeste; e R$ 591 milhões para o Sudeste. O valor mínimo de outorga para arrematar os 12 terminais será de R$ 2,1 bilhões.

Ferrovia Norte-Sul – A concessão da Norte-Sul contempla o trecho de 1.537 quilômetros entre Porto Nacional (TO) e Estrela D’Oeste (SP). O valor mínimo de outorga será de R$ 1,35 bilhão e o prazo de concessão é de 30 anos. Serão investidos quase R$ 3 bilhões na ferrovia, projetada para se tornar a espinha dorsal do transporte ferroviário no Brasil.

Portos – Dez terminais portuários também serão arrendados no primeiro trimestre:

– 3 Terminais em Cabedelo (PB)

– 5 em Miramar (PA)

– 1 em Vila do Conde (PA)

– 1 em Vitória (ES)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *