Notícias

Votorantim, Gerdau e Tigre lançam programa de fidelidade no varejo

Votorantim Cimentos,GerdauTigre criaram empresa independente, a Juntos Somos Mais, para gerir o programa nacional de fidelidade do varejo de material de construção. Segundo os acionistas, trata-se de um plano de benefícios para lojas, vendedores e profissionais da obra, com o objetivo de impulsionar o varejo da construção civil.

As lojas e profissionais da obra acumulam pontos com a compra de produtos das empresas participantes, que são transformados em prêmios, como equipamentos para os estabelecimentos (empilhadeira, computadores), sistemas de gestão, cursos profissionalizantes, ferramentas e ações de responsabilidade social dentro das comunidades locais. Todo este ecossistema é acessado por meios digitais, como website e aplicativos de smartphones, segundo o informativo do programa.

O Juntos Somos Mais foi criado pela Votorantim Cimentos em 2014, mas agrega agora mais dois grandes players da construção como sócios do programa.

De acordo com a nova empresa, ela já possui atualmente mais de 40 mil lojas e cerca de 60 mil profissionais cadastrados. Além dos três acionistas, as empresas de serviços Santander e Linx e também outros players relevantes do setor de construção fazem parte do programa:

Vedacit, Eternit, Suvinil, Stam, Bosch, Casa do Construtor, Ciser, Ourolux e Cozimax.

No evento de apresentação do programa, realizado no último dia 28, em São Paulo (SP), Walter Dissinger, CEO da Votorantim Cimentos, ressaltou a importância de focar no cliente, o que estimulou a criação do programa.

Gustavo Werneck, presidente da Gerdau, informou no encontro de apresentação do programa Juntos Somos Mais, que o setor de construção civil tem se reunido com a área econômica do novo governo, em Brasília, para tratar de estímulos a área.

Otto von Sothen, CEO do Grupo Tigre, apontou a necessidade de se reinventar a todo momento, além de estimular o pequeno varejo, público alvo do projeto.

Até 2020, a empresa planeja investir R$ 50 milhões na expansão do programa e no aprimoramento do ecossistema – R$ 30 milhões já foram aplicados no projeto. A empresa emprega hoje 25 pessoas e adota uma cultura de startup. (Augusto Diniz)

 

 

 

 

 

Leia mais notícias sobre o mercado de varejo:

Redes médias de varejo destinam R$ 108 mi em mercados de bairro

Vendas no varejo de material de construção crescem 2% em dezembro

Empresa de soluções à construção prioriza varejo

 

0

Add a Comment


Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE