Os investimentos públicos no País nos últimos 10 anos saíram de um patamar de R$ 44 bilhões, em 2010, caiu para R$ 41 bilhões no ano seguinte, para se recuperar e atingir R$ 47 bilhões em 2013, alcançando o pico de R$ 57,2 bilhões em 2014 — para então despencar para R$ 34 bilhões em 2016.
Até dezembro de 2016, o governo federal havia aplicado no ano em obras e melhorias de infraestrutura – hospitais, escolas, saneamento, estradas, portos etc. — o montante de R$ 34,8 bilhões, de acordo com o Sistema Integrado de Administração Financeira. É o pior nível de investimentos desde 2009, num período de sete anos.

De acordo com IBGE, o percentual de investimento com relação ao PIB foi de 16,5% – o menor desde 2003, quando foi de 16,3%. De acordo com o Fundo Monetário Internacional, a média de investimentos na infraestrutura em relação ao PIB nos países emergentes chega a 30%, quase o dobro do aplicado no Brasil.