Notícias

Setor defende privatização do Porto Barra do Riacho (ES)

A área portuária de Barra do Riacho, em Aracruz, no Espírito Santo, foi pauta de um dos principais debates durante o seminário “Desenvolvimento dos Portos no Brasil”, realizado em Vitória (ES).

Para a Associação dos Terminais Portuários Privados (ATP), a implantação de um modelo condominial privado, abrangendo todas as estruturas e edificações da área vai garantir os investimentos necessários no setor portuário da região. “No modelo de privatização, as necessidades de investimentos em infraestrutura facilitadas trazendo ganhos de produtividade e desenvolvimento para toda a região. A liberdade de investir é a principal ferramenta da livre iniciativa. O Brasil precisa apostar mais nisto”, argumentou o presidente da entidade, Murillo Barbosa.

O posicionamento da ATP foi feito em contraponto às declarações do presidente da Companhia Docas do Espírito Santo (Codesa), Luis Cláudio Montenegro. Na visão do gestor da Codesa, a recomendação seria instalar um novo modelo administrativo, a partir da integração, seguida da concessão, de toda a área do porto organizado, onde estão incluídos cais, docas, pontes e píeres de atracação e de acostagem, armazéns e edificações em geral. Por sua vez, Murillo destaca que, para esta proposta, é preciso saber como será a alienação dos bens públicos.

Destaca-se que o terminal especializado PortoCel – um dos maiores Terminais Portuários de Uso Privado (TUPs) – está localizado em Barra do Riacho.

0

Add a Comment


Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE