MS: Investimento milionário vai transformar Campo Grande até 2012

Até meados de 2012, Campo Grande vai dar um salto de modernidade tanto no quesito revitalização quanto no sistema de mobilidade urbana. Apesar da crise econômica que assola todo o mundo e afeta também a Capital do Mato Grosso do Sul, esse pacote de obras que faz parte do Programa de Desenvolvimento Integrado de Campo Grande garante investimentos de cerca de US$ 38,7 milhões oriundos do financiamento com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), sendo 50% deste valor de contrapartida da Prefeitura de Campo Grande com recursos próprios e de outras fontes.

Campo Grande foi a primeira cidade do país a realizar essa operação de crédito, denominada Procriades pelo BID. A linha de crédito visa financiar programas de desenvolvimento urbano integrado em municípios do Brasil, com objetivo de melhorar e ampliar os serviços urbanos e sociais. Conforme as informações da coordenadora da Unidade de Programas e Projetos Especiais, Eliane Detone, a Capital já entrou no programa com 25% da sua parte de contrapartida pagos, aproximadamente US$ 5 milhões do total de US$ 19,5 milhões.

Revitalização do Centro

Plano local – Lançado pelo prefeito Nelsinho Trad na noite dessa quarta-feira, o Plano Local de Desenvolvimento Urbano do Centro faz parte desta etapa do Programa. Um dos principais objetivos é aumentar a participação do setor privado nos setores de comércio, serviços e moradia que orientarão as intervenções. “Será constituída a primeira comissão para fazer estudos para a revitalização do centro que tem prazo de um ano para conclusão”, disse o prefeito, informando que integram a comissão gestores da prefeitural, técnicos da Unidade de Programas e Projetos Especiais e do Planurb.

Orla Ferroviária – Em segundo lugar está a obra de re-qualificação urbanística dos trilhos da ferrovia conhecida como Orla Ferroviária. A obra inclui construção de praças, escadarias públicas, jardins, implantação de mobiliário urbano, iluminação e adequação para o uso de pessoas portadoras de necessidades especiais. Além da criação de um calçadão com 15 metros para caminhada, iluminação, quiosques. Já está concluída a revitalização de duas casas na Esplanada. A re-qualificação da rua 14 de Julho também faz parte desta obra.

Mobilidade Urbana

Sistema rodoviário – O Programa financia a ampliação e adequação da fluidez do trânsito entre o setor oeste e a área central. As obras financiadas são:

Via Morena: adequação da avenida Duque de Caxias, trecho aeroporto-avenida Júlio de Castilho (ampliação de seção transversal com reserva da faixa central para transporte coletivo e implantação de ciclovia). A arquiteta Eliane Detone informou que a 1ª e 2ª etapas das obras da Via Morena já estão concluídas.

Avenida Júlio de Castilho: adaptação de seção transversal, revisão de pontos de embarque e desembarque do transporte coletivo e implantação de cilovia.

Orla Morena: revitalização da avenida Noroeste, trecho entre a avenida Júlio de Castilho e a rua Plutão, com a criação de um Parque Linear, readequação viária e implantação de novas travessias. Obra lançada pelo prefeito Nelsinho Trad na noite de ontem (25.03).

Sistema semafórico – Financia a implantação de um novo sistema semafórico para atender cerca de 180 cruzamentos. O sistema tem controle centralizado, com semáforos acionados e monitorados por meio de imagens em tempo real.

Plano de Transporte – O Programa financia também as consultorias para revisão e atualização do Plano Diretor de Transporte, que integrará os novos bancos de dados e técnicas de análise e avaliação.

Fortalecimento Institucional

Modernizar a máquina pública também faz parte deste Programa com ações que incluem a implantação da Rede de Informática Municipal, que já se encontra 100% implantada por meio da Rede Municipal de Alta Velocidade. Também inclui o fortalecimento das secretarias municipais essenciais para o desenvolvimento e sustentabilidade do Programa, são elas: Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (Semadur), Secretaria Municipal de Infra-estrutura, Transporte e Habitação (Seintrha) e a Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran).

Resumo Financeiro do Programa

Informações Financeiras Valor US$ %
Valor do Financiamento – BID 19.382.000,00 50%
Valor da Contrapartida- PMCG 19.382.000,00 50%
Total – US$ 38.764.000,00 100%

Fonte: Estadão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *