Arquiteto carioca vence concurso do BNDES

Anteprojeto foi escolhido por unanimidade, por equilibrar aspectos construtivos, funcionais e plásticos

 

O anteprojeto do arquiteto carioca Daniel Gusmão foi o vencedor do concurso que escolheu a melhor proposta arquitetônica para a construção do edifício anexo à sede do BNDES no Rio de Janeiro. Ele vai receber o prêmio bruto de R$ 1,2 milhão, em cerimônia no próximo dia 22, na sede do banco.

 

O anteprojeto de Gusmão concorreu com 62 propostas de todo o Brasil, habilitadas a participar do concurso, iniciado há sete meses. Classificada entre cinco finalistas, foi escolhida por unanimidade. Segundo o BNDES, a proposta conseguiu equilibrar os aspectos construtivos, funcionais e plásticos, demonstrando a consistência do projeto como um todo.

 

Os espaços internos foram organizados de modo racional, os fluxos ficaram bem definidos e a integração com o Edifício sede do BNDES foi devidamente valorizada. O projeto se destacou ainda pela solução criativa, fundindo o caminho de São Francisco ao edifício corporativo. Com isso, criou um atrativo de grande interesse na paisagem urbana do centro da cidade do Rio de Janeiro.

 

O prédio anexo, a ser construído, permitirá ao BNDES desocupar espaços alugados no Centro do Rio e reagrupar todos os empregados em um só conjunto de edifícios, gerando economia para a instituição. Ao mesmo tempo, o novo espaço contribuirá para a revitalização do seu entorno.

Fonte: Redação OE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *