Banco XCMG espera atingir R$ 400 mi em operações de crédito no 1º ano

Depois de abrir fábrica no Brasil em 2014, a XCMG coloca em funcionamento até março um banco para financiamento e leasing de suas máquinas. Mas o grupo chinês pretende ir além com a instituição financeira: prover linha de crédito aos seus clientes para infraestrutura.

Com a presença do CEO Mundial do grupo XCMG, Wang Min, a empresa anunciou nesta segunda (6/1), em São Paulo (SP), a abertura no país de seu primeiro banco no mundo, com capital inicial de R$ 60 milhões.

“Existe uma grande expectativa positiva com relação ao crescimento econômico aqui”, disse.

A instituição terá sede na planta industrial da XCMG em Pouso Alegre (MG). Ela recebeu autorização do Banco Central para sua constituição em outubro de 2019.

A marca é a maior de maquinário de construção da China. O banco é o primeiro ligado à indústria chinesa no mundo. É também a primeira instituição com capital 100% estrangeiro a receber aprovação do Banco Central do Brasil para operar.

Roberto Carlos Pontes, vice-presidente do Banco XCMG, explicou que o público alvo da instituição financeira são inicialmente clientes do grupo.

“Mas teremos modalidades além das tradicionais oferecidas pelas concorrentes”, diz. Leia-se concorrentes os bancos atuantes no país ligados aos grupos industriais de máquinas e equipamentos.

Os serviços financeiros serão estendidos à rede de distribuição da XCMG no Brasil.

Em um segundo momento, o banco quer oferecer crédito aos seus clientes da construção civil e mineração para seus projetos de infraestrutura.

Além disso, o banco pretende financiar empresas que se instalarem no parque industrial da XCMG em Minas Gerais. De acordo com o vice-presidente, a marca chinesa busca a nacionalização de diversos equipamentos no Brasil para se aderir à linha de financiamento do BNDES Finame. O próprio banco da XCMG será o intermediário da operação com o banco de desenvolvimento.

A fábrica da XCMG em Pouso Alegre recebeu investimentos de cerca de US$ 500 milhões é a primeira unidade industrial do grupo instalada fora da Ásia. Na planta são montadas escavadeiras, guindastes, retroescavadeiras, motoniveladoras e perfuratrizes.

A previsão também do Banco XCMG é operar para organizações chinesas atuantes do Brasil. No primeiro ano, a instituição espera alcançar R$ 400 milhões em operações de crédito. (Augusto Diniz)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *