Brazil Road Summit trata de métodos não destrutivos

A possibilidade de interferir em vias e rodovias sem destruir ou criar impedimentos de tráfego de pessoas e transportes é possível através do Método Não Destrutivo (MND), aliados de profissionais responsáveis pela construção e manutenção da infraestrutura do País. O Brazil Road Summit – programa de conferências da Brazil Road Expo, que acontece nos dias 2, 3 e 4 de abril, no Expo Center Norte, em São Paulo, irá reunir organizações especializadas no assunto para apresentarem novas técnicas e soluções para a aplicação de MND.

Paulo Dequech, presidente da Associação Brasileira de Tecnologia não Destrutiva (ABRATT), explica que os Métodos Não Destrutivos são qualquer meio de executar um serviço, como manutenção e instalação de redes de água, luz, telefone e esgoto, sem a ocorrência de danos à superfície das ruas, avenidas ou estradas, com o mínimo de obstrução do tráfego urbano, no menor tempo e ao melhor custo global da obra, além de oferecer menor impacto social e ambiental.

“A legislação nº 46.921, de 18 de janeiro de 2006, da Prefeitura da Cidade de São Paulo, direciona o MND como um método preferencial para a execução de obras em redes subterrâneas em São Paulo.”, explica Dequech. “Os MNDs são soluções já aplicadas no País há cerca de 20 anos, como nas obras do metrô por exemplo, sendo que há exigência maior no exterior”, analisa.

O seminário sobre Métodos Não Destrutivos reunirá as organizações ARTE SP, ANTT, ABCR, DER-SP, DER-MG e DNIT para apresentar as “Aplicações dos Métodos Não Destrutivos de construção, reabilitação, recuperação e manutenção de redes novas e existentes sob  rodovias e ferrovias”.

Tecnologia

A Colli Drill irá apresentar máquinas especiais para perfuração direcional horizontal, além de outros equipamentos pertencentes aos representados no Brasil, como por exemplo, valetadeiras. “Perfuratrizes são importantes equipamentos para instalação de tubos destinados a gás, fibra ótica, água, esgoto, sob rios (cross river), ao longo de rodovias, sob ruas e avenidas sem interrupção do tráfego urbano e sem prejuízo ao comércio local e transeuntes”, explica Fábio Pagliuso, gerente de vendas da Colli Drill.

A SONDEQ participará da Brazil Road Expo 2012 com seus novos equipamentos para MND, destacando a perfuratriz HL518B, fabricada pela Hanlyma com 18 toneladas de força de tração. É equipada com um motor Cummins de 6 cilindros e possui um projeto que prioriza a eficiência e praticidade. O equipamento se adequa à realidade e demanda  brasileiras, priorizando a relação custo/benefício. A empresa também irá expor toda a sua linha de produtos voltados para o mercado de tecnologias não-destrutivas (MND). 

A VERMEER lançará no evento a valetadeira RTX550MT, que se destaca por atender demandas relativas à abertura de micro valas, de 3 a 5 cm de largura. O equipamento opera com sistema a vácuo de sucção dos resíduos provenientes da abertura da vala, deixando-a limpa para a instalação de cabos, seguida de material selante para uma perfeita vedação.
No estande da Vermeer também serão demonstrados equipamentos para os métodos de perfuração não destrutiva, equipamentos para trituração de resíduos de poda e mineradores de superfícies como o Terrain Lever, uma máquina proveniente do setor de mineração, mas que tem sido usada com sucesso na preparação de terrenos para obras de rodovias, evitando o uso de explosivos. O outro equipamento, o RT 200, é uma minivaletadeira para abertura de valas com 10 a 20 cm de largura e até 1,20 m de profundidade.

O seminário de MND acontecerá no dia 4 de abril, último dia da feira, das 9h às 12h30. O custo para participar é de R$180.

Mais informações: www.brazilroadexpo.com.br

Fonte: Padrão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *