FGTS garantiu R$ 11,4 bi a infra-estrutura

A escassez de crédito que atingiu o Brasil no final de 2008 por causa da crise mundial acelerou os investimentos do recém-criado Fundo de Investimentos (FI) do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Em pouco menos de um ano, entre junho de 2008 e maio deste ano, foram desembolsados R$ 11,4 bilhões do fundo para aplicação em obras de infra-estrutura, sendo 58,5% na área de energia elétrica.

Outros R$ 4,1 bilhões poderão ser destinados em breve a outros projetos já aprovados, mas cuja formalização ainda não saiu do papel. “Tivemos grande procura dos empresários e ainda estamos recebendo muitos projetos para analisar”, afirmou o vice-presidente de Ativos de Terceiros da Caixa Econômica Federal, Bolivar Tarragó Moura Neto.

A Caixa é o banco gestor do fundo. Com R$ 15,5 bilhões, as aplicações financeiras do FI-FGTS já estão batendo no teto de investimentos do fundo, de R$ 17 bilhões.

O vice-presidente admitiu que, a continuar esse ritmo, é possível que “muito em breve o governo tenha de alterar a lei para ampliar o limite de investimentos.

O FI-FGTS foi criado por medida provisória, em janeiro de 2007, como uma das ações do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) para financiar obras de infraestrutura.

Fonte: Estadão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *