Linha de Transmissão Mel l – Açu lll

Em janeiro de 2019, a SETA Engenharia S.A. iniciou a execução da linha de transmissão de 500kV entre a Subestação Mel I, localizada na cidade de Serra do Mel, estado do Rio Grande do Norte, e a Subestação Açu III, localizada na cidade de Açu, também no estado do Rio Grande do Norte. O empreendimento pertence a Voltalia do Brasil e a Echo Energia.
O trabalho da SETA na execução da linha de transmissão, envolve atividades de engenharia, fornecimento, obra civil, montagem, lançamento de cabos e comissionamento. A obra tem prazo de execução de 9 meses, com previsão de entrega para setembro de 2019.
A linha de transmissão, em circuito simples, tem extensão aproximada de 51 km. Serão 112 estruturas metálicas, sendo 94 torres estaiadas e 18 autoportantes. A LT foi dimensionada para escoar uma potência total de 2.100 MVA, através de 3 fases com 4 subcondutores CAL 838 MCM liga 1120. A linha ainda possuirá dois cabos para-raios, sendo um deles OPGW, utilizado como proteção, comunicação e transmissão de dados.
A instalação das linhas de transmissão tem por objetivo o transporte de energia entre a subestação coletora dos parques eólicos, geradores de energia, até a subestação onde será entregue ao Sistema Interligado Nacional (SIN), sendo direcionada para as distribuidoras e, por fim, aos consumidores.
Segundo Thiago Silveira, gestor do contrato, a implantação da linha de transmissão foi uma obra desafiadora, por ser a primeira em 500 kV da SETA Engenharia. Outro desafio encontrado foi a execução das obras civis na época de chuva, sendo necessária inúmeras alterações no plano de ataque. Mesmo com estes fatores que dificultaram a execução, a obra está sendo entregue no prazo e com a qualidade reconhecida da SETA.
O engenheiro residente, Antônio Marcos Felix, relata que ao longo do traçado da linha houve uma grande variação de tipificação de solos, o que acarretou no uso de diversos tipos de fundações. Além disso, devido à altura das estruturas e das condições de acesso, foi necessário utilização de guindaste fora de estrada com capacidade de carga de 90 toneladas para que fosse possível a montagem das estruturas. O engenheiro ressalta ainda que a sobreposição da Linha de Transmissão de 230 Kv Mossoró II – Assu II, de propriedade da CHESF, foi outro ponto crítico da obra. A sobreposição foi feita com desligamento programado de um dia, onde todas atividades tiveram que ser executadas rigorosamente conforme planejado para garantir o cumprimento da travessia no horário estabelecido.
Com esta obra a Seta chega ao número de 242 km de linhas de transmissão implantados, estes envolvendo 5 obras, sendo duas no estado do Rio Grande do Norte, uma no estado do Mato Grosso do Sul e duas no estado da Bahia.
A SETA Engenharia S.A. atua em todo território nacional, na indústria da construção civil pesada, com foco na execução de obras em empreendimentos de geração de energia (eólica, solar e hidrelétrica) e de sistemas de transmissão (Subestações, Linhas de Transmissão e Redes de Média Tensão). A empresa atua também em obras rodoviárias, implantação de obras-de-arte- especiais, e em obras industriais.
Com excelência no atendimento ao cliente, prezando pela saúde e segurança dos colaboradores e pela preservação do meio ambiente, a SETA trabalha para construir um Brasil mais sustentável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *