Locação responde por 35% das vendas de máquinas de construção

O mercado de locação de máquinas para construção está se expandindo numa escalada que empresários setoriais qualificam de “surpreendente”. Tanto, que atualmente as locadoras absorvem cerca de 35% das vendas. Quem confirma esses dados é Eurimilson Daniel, presidente da Escad Rental e vice-presidente da Sobratema.

Em 2007 as locadoras respondiam por 15% das vendas. Esse índice evoluiu para 30% no ano passado e, hoje, alcança o patamar de 35%. Tal crescimento está sendo explicado, segundo o empresário, principalmente pela interiorização das locadoras, motivado por obras de infraestrutura disseminadas por várias regiões brasileiras.

Contudo, o crescimento embute algumas mudanças: são maiores as preocupações com a questão da gestão fiscal e com a logística, por conta da necessidade de resolver problemas de manutenção.

Em termos de mercados regionais mais crescentes, empresários da área destacam que os negócios no Norte e Nordeste são os que apresentam melhores perspectivas de evolução. Eles estão sendo alavancados pelos grandes projetos de infraestrutura listados no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), em especial aqueles relacionados com obras rodoviárias, ferroviárias, construção de barragens e refinarias de petróleo.

Foi em razão da expansão desse mercado que os organizadores da Construction Expo 2013 – 2ª Feira Internacional de Edificações e Obras de Infraestrutura, a ser realizado de 5 a 8 de junho do próximo ano, decidiram colocar o tema locação como um que deverá merecer maior destaque. O evento, da Sobratema, se realizará no Centro de Exposições Imigrantes (SP).

Fonte: Padrão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *