Construtora avança em projeto no Caribe

A Odebrecht Engenharia & Construção (OEC) informa que avançou um passo importante na construção da termelétrica de Punta Catalina, na República Dominicana. Essa semana a Unidade I do projeto iniciou a geração de energia e começou a injetar 36,5 MW no sistema elétrico do país caribenho. Quando concluída será responsável por um incremento de até 35% na produção de energia dominicana, com capacidade de gerar até 720 MW. A operação comercial da Unidade I está prevista para maio.

O megaprojeto é desafiador para a construtora por reunir frentes de engenharia básica e detalhada; fornecimento de equipamentos e materiais; obras civis, marítimas e de montagem eletromecânica. Hoje são quase 4 mil colaboradores dedicados ao projeto e no pico da obra chegou a reunir um contingente com mais de 10 mil trabalhadores. O projeto é financiado pelo governo dominicano e pela agência de exportação de bens e serviços italiana.

A OEC segue apostando na reposição de seu portfólio fora do Brasil.

Nos últimos meses foi vencedora de contratos nos Estados Unidos – aditivo de contrato na obra do aeroporto de Miami, e construção do metrô do Panamá. Desde 2015, início das investigações da Lava Jato, as obras da empresa no exterior renderam US$ 714 milhões em faturamento, segundo a OEC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *