Categorias

5 de março de 2021

Plataforma de informação sobre Infraestrutura, Construção Industrial e Edificações

Arena das Dunas terá programa de gestão social para Copa

3 min read
<p> A OAS lança, hoje (14), na Arena das Dunas, em Natal (RN), programa de gestão das condições de trabalho e responsabilidade social.</p>

A OAS lança, hoje (14), na Arena das Dunas, em Natal (RN), programa de gestão das condições de trabalho e responsabilidade social. O evento marcará o anúncio do Compromisso Nacional para o Aperfeiçoamento das Condições de Trabalho na Arena das Dunas, escolhida como projeto-piloto pela OAS para se tornar modelo de gestão de um canteiro de obras e que norteará seus demais empreendimentos.

O compromisso, firmado entre o Governo Federal, centrais sindicais e empresas, entre elas a OAS, será incorporado às boas práticas do Grupo por meio de uma cartilha temática, que apontará as medidas de gestão e melhoria do ambiente de trabalho no dia a dia da obra.

“Desde o início da obra em Natal, a OAS já vem adotando ações nas áreas de saúde, segurança, meio ambiente, recursos humanos e responsabilidade social que contemplam e até superam as determinações do Compromisso”, afirma Charles Maia, presidente da Arena das Dunas.

Segundo Maia, a cartilha, que será entregue aos gestores da obra para disseminação ao público interno, contém as ações que estão sendo realizadas e também aquelas que serão implementadas. “Um exemplo de ação já vigente é a Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho (Sipat). Faremos o encerramento dela também no dia 14”, informa. A Sipat engloba desde temas como segurança no trabalho e prevenção do vício em álcool e drogas até qualidade de vida.

Outro exemplo de iniciativa já realizada – e que será intensificada – são as ações que asseguram os melhores padrões técnicos e organizacionais para a segurança dos trabalhadores. Para isso, a OAS planeja uma oferta ainda mais intensiva de treinamentos sobre o tema. O Compromisso Nacional para a Arena das Dunas prevê também maior aproximação dos gestores da obra com sindicatos dos trabalhadores, por meio da presença de dirigentes de entidades representativas nos canteiros, privilegiando a ampliação do diálogo social.

A Arena das Dunas abriga ainda uma unidade da Escola OAS, programa adotado pelo Grupo há dez anos e que já ofereceu curso de ensino fundamental a mais de 3.000 funcionários no país. Uma das próximas ações sociais na Arena será o projeto de Inclusão Digital no entorno da obra, que vai atender também ao público externo. Entre os colaboradores da OAS, 30 já concluíram este curso.

A obra em Natal também é signatária da Declaração de Compromisso Corporativo no Enfrentamento da Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes, iniciativa da Secretaria de Direitos Humanos (SDH) em parceria com o Sistema Firjan, Petrobras e Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS). Com o objetivo de estabelecer medidas concretas no combate ao problema, a OAS já promoveu na Arena das Dunas diversas ações de sensibilização de seu público interno e cadeia produtiva. Com sucesso da campanha em Natal, a empresa estende a ação agora para outras seis obras.

Todas essas ações fazem parte do programa de Responsabilidade Social da OAS em todo o Brasil, que já impactaram diretamente um total de oito mil pessoas diretamente, entre público interno e externo.

O lançamento do Compromisso Nacional para o Aperfeiçoamento das Condições de Trabalho na Arena das Dunas vai contar com cerca de 1.500 trabalhadores da obra e também com a presença da Governadora do Estado do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini.

Arena
Na ocasião, também será realizada a instalação das primeiras arquibancadas do setor oeste do estádio da Arena das Dunas, um dos mais importantes projetos do Estado do Rio Grande do Norte com financiamento do programa BNDES ProCopa Arenas.

A Arena das Dunas está com 33,05% de suas obras concluídas. O investimento total será de R$ 413 milhões. As obras completaram um ano em agosto com cronograma de suas atividades realizadas a frente do pré-estabelecido junto a FIFA e a conclusão está prevista para dezembro de 2013. O local terá capacidade para receber 42 mil pessoas para a Copa 2014.

Fonte: Padrão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *