BIM ajuda a reduzir tempo e riscos na maior obra da Europa

Malcolm Taylor, líder de Tecnologia da Informação da Crossrail, enfatizou em evento recente, realizado em São Paulo (SP), os benefícios que a adoção da metodologia BIM (Building Information Modeling) trouxe para a maior obra de infraestrutura em execução atualmente na Europa, gerando um ambiente comum de dados e consolidando todas as informações sobre o projeto.

O uso do BIM não apenas contribuiu para manter o projeto estritamente dentro do orçamento e cronograma, como também fez gerar milhões de libras em economia ao reduzir o tempo e a mão de obra dedicados a diversos pontos do Crossrail, segundo Taylor.

O Crossrail é um dos maiores projetos ferroviários e de infraestrutura em construção da Europa, com um valor estimado em 14.8 bilhões de libras. A linha ferroviária, prevista para estar totalmente operacional em 2019, ligará as zonas oeste e leste da capital inglesa.

Além de fornecer um conjunto de aplicações de software integrados para a Crossrail e sua cadeia de fornecimento, a Bentley Systems anunciou recentemente a atualização do ambiente comum de dados para obter informações de ativos por meio dos serviços gerenciados AssetWise. A plataforma híbrida de computação na nuvem da Microsoft Azure fornece ao Crossrail um único local para armazenar, compartilhar e gerenciar informações de aproximadamente 1 milhão de ativos.

Fonte: Redação OE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *