BRT no Chile vai usar transmissões Allison do Brasil

Santiago, no Chile, está recendo 620 novos ônibus para atender ao seu sistema de Bus Rapid Transit (BRT), que está sendo atualizado. As transmissões automáticas Allison que equiparão esses veículos já foram recebidas pela Volare e pela Mercedes-Benz.
Os veículos serão utilizados por frotistas que operam no sistema integrado de transporte na capital do país, conhecido como Transantiago. Os ônibus em questão são os Mercedes LO915 e os Volare W9, equipados de fábrica com a transmissão automática Allison S2100 de seis marchas, sendo 2 overdrive.

As 167 unidades comercializadas pela Volare e as 453 entregues pela Mercedes-Benz serão operadas pelas empresas Subus, Redbus e Alsacia Express, de Santiago. Esta é a primeira vez que os ônibus Volare serão utilizados nas linhas alimentadoras de um sistema BRT. Com a presença das transmissões automáticas Allison eles terão maior agilidade, além de maior robustez, conforto, silêncio, suavidade nas trocas de marcha e segurança no transporte dos passageiros.

As leis que regulam os transportes públicos no Chile determinam que os ônibus urbanos usem transmissões automáticas, portanto, há tempos o sistema Transantiago se utiliza desse tipo de transmissão. Com a entrega dessas 620 novas unidades, serão aproximadamente 2.500 ônibus rodando com transmissões Allison.

Para dar suporte de serviços e pós-venda no Chile, a Allison Transmission conta com a parceria da Detroit Chile, distribuidor autorizado que mantém em suas dependências pessoal técnico especializado em manutenção de transmissões, bem como peças de reposição, uma vez que já há muito tempo a cidade de Santiago conta com uma grande frota de veículos automáticos.

De acordo com Adrian Dinunzio, Gerente de Contas para o Chile, "A Allison tem estado presente no transporte de pessoas em Santiago, Chile, por mais de 20 anos e, desde o princípio, atendendo o sistema Transantiago. A capital chilena estabeleceu normas técnicas para o transporte de passageiros que consideram as necessidades do usuário, do empresário e dos operadores dos veículos. E estas normas definiram a transmissão automática como componente primordial para os ônibus urbanos. Além disso, ano após ano estamos vendo os novos projetos de transporte urbano nas grandes cidades da América do Sul, e do mundo, determinarem a necessidade do uso de transmissões automáticas. Estas são legislações que se baseiam em resultados comprovados desta tecnologia em termos de confiabilidade, durabilidade e produtividade. E é dentro destes parâmetros que as montadoras de veículos comerciais e empresas operadoras voltaram a eleger a Allison como fornecedora de transmissões automáticas, ratificando a presença da marca e dando continuidade à extensa relação da empresa com o transporte público de passageiros".

Fonte: Padrão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *