CGN estima investir R$ 11 bi até 2024 no País para ter 3 GW

O foco está em fontes renováveis e inclui projetos a construir e aquisições. CGN ingressou aqui ao assumir a Atlantic Energias Renováveis, controlada pela Actis, e adquiriu projetos solares e eólicos da Enel, com aporte de R$ 5 bilhões em ativos que somam 1,1 GW.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *