Ciber vende mais sete usinas para a Argélia

A Ciber Equipamentos Rodoviários acaba de vender sete usinas para a Argélia do modelo UACF 17P-2 Advanced, de 120 t/h de capacidade, que possibilita maior agilidade ao transporte e garante a utilização de até quatro tipos distintos de agregados na produção de misturas asfálticas.

As máquinas estão trabalhando em áreas da Argélia no projeto de reforço da infra-estrutura do país que engloba as regiões de Sidi-Bel-Abbes, Mostaganem, Skikda, Souk-Ahras, Adrar e Annaba. Essas obras visam ligar as regiões leste-oeste e melhorar a conexão entre as regiões sul e norte, além de viabilizarem a construção e duplicação das estradas principais e dos acessos às cidades que margeiam as respectivas rodovias.

A malha rodoviária da Argélia recebe investimentos pesados do governo e os equipamentos da Ciber foram adquiridos por empreiteiros argelinos, de acordo com o diretor-presidente Walter Rauen. “Os clientes participam de um programa bastante agressivo do governo para desenvolver a malha rodoviária argelina”, enfatiza. A marca Wirtgen, grupo alemão que controla a Ciber, reforça a presença no norte africano, o que influenciou na decisão de compra das usinas. “Na Argélia, a Ciber é representada pela TPS, que integra a rede de dealers do Grupo Wirtgen”, diz.

Em 2006, dois grupos de clientes da Argélia visitaram a Ciber para verificar a tecnologia dos equipamentos e assistência técnica presente. “Os conceitos de comando, mobilidade e agilidade, aliados aos valores de aquisição, manutenção e operação, tornam as usinas bastante competitivas na região”, conta Rauen. As máquinas se encaixam ao perfil de obras daquele mercado, que tradicionalmente compra equipamentos europeus pelo alto nível de excelência tecnológica.

Fonte: Estadão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *