Construir Rio terá eventos técnicos com especialistas

Milhares de pessoas irão ao Riocentro, entre 7 e 10 de novembro, para fazer negócios, conhecer novidades e conferir tendências na 17ª Construir Rio, maior feira da construção civil no estado. Este ano, os promotores do evento criaram novas atrações, investiram na especialização profissional e elevaram o evento a um patamar que vai além da exposição de produtos. Nos primeiros dias da Feira Internacional da Construção, haverá fóruns com programação personalizada, palestras e debates específicos para os visitantes. Entre os nomes já confirmados, estão os arquitetos Rodrigo Rinaldi de Mattos, do escritório De Fournier & Associados; Adriana Figueiredo, da Aecom; e Pierre-André Martin, da Embyá Paisagens & Ecossistemas.

A programação dos eventos técnicos começa no dia 7 de novembro. Logo depois da abertura oficial, o Fórum Construir abordará os temas “Porto Maravilha” (Jorge Arraes, da Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região Portuária); “Mobilidade Urbana” (Eduardo Fagundes, gerente de Obras de Vias Especiais) e “Construção Híbrida em Aço e Concreto – Nova sede da Petrobras na região da Lapa” (Antônio Paulo Magalhães, da W/Torre). Todos os seminários têm entrada gratuita e são direcionados aos profissionais da área.

O espaço para a capacitação continua a todo vapor na quinta-feira, 8 de novembro, que foi dividida em dois segmentos: o Fórum de Arquitetura e o Dia do Comerciante. O primeiro tema do fórum será “2012 x 2016: Desafios e soluções na construção do Parque Olímpico”, com uma apresentação da arquiteta Adriana Figueiredo, coordenadora de Arquitetura da Aecom, empresa norte-americana responsável pelo Plano Geral Urbanístico da instalação que sediará quase 50% das competições das Olimpíadas Rio-2016.

Na sequência, o assunto será “O impacto dos novos projetos na cidade do Rio de Janeiro”, com palestras de Flávio Kelner, arquiteto e urbanista da RAF Arquitetura e presidente nacional da Associação Brasileira para o Desenvolvimento do Edifício Hospitalar (ABDEH), e Rodrigo Rinaldi de Mattos, doutor em Urbanismo da UFRJ e diretor da De Fournier. Além do Brasil, o escritório realizou trabalhos em mais 12 países: Estados Unidos, Argentina, Uruguai, Equador, Costa Rica, México, Angola, França, Suíça, Itália, Grécia e Emirados Árabes. Após vencer uma concorrência internacional, o escritório brasileiro foi responsável pela remodelação do Píer 57, situado no Water Front de Chelsea, em Nova York.
A preocupação com o futuro do planeta também marcará presença no Fórum de Arquitetura. Sandro Tubertini, consultor de engenharia da BDSP, e Pierre-Andre Martin, da Embyá Paisagens & Ecossistemas, vão abordar o tema “Projetos e experiências de empresas vanguarda em construção sustentável”. O meio ambiente continua no centro das atenções na palestra “A sustentabilidade na construção carioca”, conduzida por Sérgio Conde Caldas, da SCCA, e Ruy Rezende, da RR Arquitetura.

A quinta-feira, 8 de outubro, também será dedicada ao Dia do Comerciante. O presidente da Associação Brasileira dos Atacadistas e Distribuidores de Material de Construção (Abradicon), Natal Destro, falará sobre “O fantástico mundo da baixa renda no Brasil”. Já o diretor da Federação das Associações dos Comerciantes de Material de Construção (Fecomac), Marcos Gabriel Atchabahian, ensinará “Como vender para o público de baixa renda”. No mesmo dia, acontecerá a entrega do inédito Prêmio Lojista 2012, que vai eleger o melhor comerciante do setor no estado. A iniciativa é inspirada no sucesso de outra premiação tradicional no evento: o Prêmio Construir, que homenageia os 40 maiores atacadistas da construção civil do país.

– Nossa dedicação em fazer a feira evoluir passa pela variedade de atrações. Além dos expositores com tradição no setor de construção, nos preocupamos em promover debates que ajudem os profissionais a criarem novos rumos a partir de cases de sucesso. Por isso, os fóruns têm um espaço tão importante no evento – destacou Antônio Junior, diretor do Núcleo Construção da Fagga | GL exhibitions, que promove e organiza a Construir Rio 2012 em parceria com o Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon-Rio) e com a King Ouro, maior atacadista de material de construção do Rio de Janeiro. O evento conta com apoio de entidades como o Sindicato dos Engenheiros do Estado (Senge-RJ) e a Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura (Asbea), entre outros.

Com entrada gratuita, a Construir Rio – Feira Internacional da Construção ocorre no pavilhão 4 do Riocentro e é direcionada a lojistas, construtores, empreiteiros, engenheiros, arquitetos e profissionais que atuam diretamente com o mercado de construção em geral. Entre os segmentos contemplados na feira estão máquinas e equipamentos, fundações, estruturas, automação, ferramentas, iluminação, ar condicionado, louças e metais, revestimentos, portas, janelas e acessórios.

Fonte: Padrão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *