Obras de abastecimento em Guarulhos visam diminuir perdas e ampliar oferta de água e esgoto canalizado

Empresa Construtora: Consórcio TCE (Construtami, Trail, Enorsul)

Empresa Projetista: Enorsul – Serviços em Saneamento

Prazo de Conclusão da Obra: Maio/ 2022

Valor do Projeto: R$ 156.417.109,82

Descrição da Obra: Prestação de serviços de engenharia para atendimento da manutenção e crescimento vegetativo de redes e ligações nos sistemas de distribuição de água e coleta de esgotos, com reposição dos pavimentos; e de engenharia para redução do volume perdido nos setores de abastecimento do município de Guarulhos por meio de ações de redução do volume disponibilizado de água (VD) e aumento do volume utilizado (VU), vinculadas a metas de performance, nas áreas de atuação abrangidas pelo polo de manutenção Pimentas do município de Guarulhos (SP).

Guarulhos possui uma extensão territorial de 341km² habita a população de 1,2 milhões de pessoas e ocupa 4% da extensão total da RMSP. São parte da área de abrangência do contrato: Setor de Abastecimento Cumbica, Pimentas, Bonsucesso e Lavras que totalizam em aproximadamente 167.000 ligações de água em uma malha de 1.286 km de rede de água. Representam 60% do município e aproximadamente 500.000 habitantes.

O objetivo do projeto em pauta é reduzir 15% do índice de perdas de água, ampliar a oferta de água potável e expandir a coleta de esgoto aos habitantes do município. Portanto, uma ampla gama de atividades é necessária para aumentar as condições do saneamento básico desta cidade.

O projeto consiste no estudo e diagnóstico da situação do sistema de abastecimento de água e esgoto e realização e o detalhamento das soluções de engenharia tais como: modelagem hidráulica; dimensionamentos e execução de projetos; instalação de válvulas e setorização para implantação de distritos de macromedição, automação dos controladores, reforço de rede para fechamento de anel, intervenções nas instalações dos setores de abastecimento de água e ações para redução de perdas reais e aparentes; avaliação da redução dos volumes perdidos (VP).

A expansão da coleta de esgoto existente consiste no conserto e implantação de redes e ramais de esgoto; construção, reconstrução, conserto e nivelamento de Poços de Visita (PV), Poços de Inspeção (PI) e Terminal de Limpeza (TL),

Dimensões da Obra: otimização de 24 Estações Elevatórias de Água Tratada; instalação de 25 válvulas redutoras de pressão; otimização de 71 válvulas redutoras de pressão; substituição de 144 macromedidores de água; instalação de 89 controladores eletrônicos; assentamento de 5 km de rede de distribuição de água de 50 mm a 400 mm; troca de 5 km de rede de distribuição ou adução de água 50 mm a 400 mm; instalação de 508 registros na malha da rede de distribuição de água; troca de 19.704 ramais de água; troca de 98.000 hidrômetros e 240 hidrômetros de grandes consumidores; regularização de 40.800 ligações de água; reparo de 16.000 vazamentos de água; assentamento de 70 km de rede coletora de esgoto de 150 mm a 400 mm, incluindo PV, Pi e TL; implantação de 13.324 ligações novas de esgoto; e troca de 2.052 ligações de esgoto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *