Parte das obras do Porto do Rio será entregue no domingo (1º)

A primeira fase da revitalização da zona portuária do Rio de Janeiro será inaugurada no próximo domingo (1º), informou hoje (26) o prefeito carioca, Eduardo Paes. A revitalização do porto é um dos compromissos do Rio com o Comitê Olímpico Internacional (COI) para a realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016.

A primeira fase incluiu obras de urbanização no Morro da Conceição e nas ruas próximas à Praça Mauá (Venezuela, Sacadura Cabral, Barão de Tefé, Camerino e Rodrigues Alves). Segundo a prefeitura do Rio, foram investidos R$ 136 milhões em recursos públicos na melhoria das calçadas, da iluminação pública e das redes de água, esgoto, gás e de drenagem.

As obras da segunda fase, que já começaram, só devem ser concluídas em 2016, e incluem a inauguração de museus, a urbanização de toda a região portuária, a implantação de uma rede de veículos leves sobre trilhos (bondes) em todo o centro da cidade e a ampliação do sistema viário do porto.

A segunda fase, que custará R$ 8 bilhões e está sendo feita por meio de uma parceria público-privada, terá como uma das intervenções mais radicais a derrubada do Viaduto da Perimetral, que margeia o porto.
“Essa é uma área de 5 milhões de metros quadrados, bem no meio da cidade, totalmente desvalorizada, esvaziada pela forma como foi tratada e também por causa do Elevado da Perimetral. A cidade vai deixar de ter esse obstáculo”, disse Eduardo Paes, durante encontro hoje, na capital fluminense, de autoridades do Rio e da cidade espanhola de Barcelona, que recebeu as Olimpíadas de 1992.

Segundo o prefeito, a derrubada do viaduto terá o mesmo efeito que a retirada de uma linha férrea que cortava a zona portuária de Barcelona. De acordo com ele, a transformação da linha de trem espanhola em uma via subterrânea permitiu que a zona portuária fosse integrada à cidade.

 

A prefeitura do Rio de Janeiro considera Barcelona um exemplo bem-sucedido de cidade que recebeu um bom legado dos Jogos. Presente no evento de hoje, o ex-prefeito de Barcelona Pasqual Maragall, que comandou a cidade na época da competição, as Olimpíadas são uma chance para melhorar a cidade e a vida da população. “Os Jogos são um acontecimento que permite à cidade multiplicar suas possibilidades a favor dela e unificar todo o povo em um projeto comum”, disse.

Fonte: Padrão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *