Planta de fertilizantes na mira do Porto do Açu

No plano estratégico 2030 do Porto de Açu que está em estudos, há planos de uma planta de fertilizantes que usaria o gás natural do pré-sal—cujo preço deve cair com a abertura do mercado.  Como o porto tem terminal de regaseificaçao, visando a abastecer as termelétricas da GNA—consórcio Prumo/BP– com gás importado, existe também a possibilidade de usar GNL disponível a preço baixo no lado do Atlantico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *