Segundo o CBIC, repasses do Minha Casa Minha Vida estão atrasados

A Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) informou que o governo federal está atrasando o repasse de recursos às construtoras. O valor chega a quase R$ 500 milhões em pagamentos apenas na faixa 1 do programa.

De acordo com a entidade, o atraso atinge 512 empresas e 200 mil funcionários, responsáveis pelas obras em andamento de 900 empreendimentos de habitação popular em todo o país.

Por outro lado, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), que realiza os repasses, esclarece estar cumprido os pagamentos.

O CBIC diz que governo prometeu liberar R$ 1 bilhão para regularizar os pagamentos das obras contratadas e executadas, além de fazer uma previsão orçamentária suficiente para sustentar as atividades no segundo semestre. Porém, ainda não foi feita nenhuma ação prática nesse sentido.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *