Rio Tietê: 3ª fase da despoluição vai custar US$ 800 mi até 2018.

O governo paulista anunciou ontem que está prestes a começar a 3ª fase do Projeto Tietê. São US$ 800 milhões – US$ 600 milhões vindos do BID e o restante do orçamento da Sabesp – destinados às obras de despoluição até 2018.

Desde 1992, quando teve início o projeto de limpeza, foram investidos US$ 3 bilhões na construção de coletores, coletores-tronco, interceptadores e em cinco estações de tratamento de esgotos (ETEs) na Grande São Paulo.

Os resultados dos investimentos ainda não surtiram efeito na região metropolitana, mas no interior já é possível verificar o resultado: a captação de 1,3 bilhão de litros de esgoto por dia resultou no recuo da mancha de poluição em 160 quilômetros.

A prioridade da 3ª fase é aumentar a coleta de esgotos nas 31 cidades da Grande São Paulo atendidas pela Sabesp e nos bairros paulistanos que ainda não estão interligados às ETEs.

Fonte: Estadão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *