SP planeja leilão de conjunto de 1.201 km de rodovias

O conjunto de rodovias inclui a concessão da Centrovias (Rodovia Washington Luís), que não será renovada, e cerca de 1.000 km de estradas hoje operadas pelo DER — que vão demandar cerca de R$ 9 bilhões de investimentos em 30 anos. Foi estimada uma outorga mínima de R$ 500 milhões, que pode ainda ser reduzida para priorizar investimentos.

A concessionária se obriga a duplicar 417 km — em trechos como Piracicaba e Jaú, Presidente Prudente e Martinópolis, entre outros. A tarifa será flexível de acordo com horários de pico e haverá cobrança por km. As audiências públicas vão até 15 de março; edital final em maio; contrato assinado em fins de 2019.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *