Tereos e São Martinho investem em capacidade e TI

A Tereos francesa, que controla a Guarani, alocou R$ 60 milhões para expandir a capacidade de moagem de cana na usina de Tanabi (SP), frente à recuperação dos preços globais do açúcar. Com isso, a capacidade dela vai a 4 milhões t na safra 2018/19, elevando a produção do grupo para 21 milhões t/safra. Já a São Martinho que iniciou em 2016 a ampliação da usina Santa Cruz em 500 mil t, para 5,6 milhões t na safra 2017/18, confirmou a construção de uma rede 4G para interligar 5 mil equipamentos com as usinas e 13 mil empregados, que entrará em serviço até 2020. A empresa contratou o Centro de Pesquisa em Desenvolvimento em Telecomunicações para desenvolver os sistemas para conectividade total. O projeto piloto será concluído até o fi nal do ano na usina São Martinho, em Pradópolis (SP), que terá os 130 mil ha conectados.

Fonte: Redação OE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *