Blog

Inovação no laboratório da nova fonte de luz síncroton

O know-how da Temon em obras de missão crítica legitimou sua participação na construção do laboratório de 68 mil m² de área construída, que abrigará o Projeto Sirius – nova fonte de luz síncrotron de quarta geração, desenvolvido pelo Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS), o mais moderno da América Latina.

A Temon está à frente do desenvolvimento dos projetos executivos de instalações em Revit (tecnologia 3D), com a compatibilização da tecnologia para a geração automatizada da planta, além de fornecimento de materiais, equipamentos e mão de obra especializada para execução dos sistemas elétricos, especiais, hidráulicos e de combate a incêndio do local.

O laboratório, concebido pelo Centro Nacional de Pesquisas em Energia e Materiais (CNPEM), foi planejado para ser uma dos mais avançados do mundo e está sendo desenvolvido na sede do CNPEM, em Campinas (SP). A partir do Sirius será possível desvendar a estrutura atômica e molecular dos diferentes materiais, iluminando- os com os variados tipos de radiação presentes na luz síncrotron.

Para a Temon, fazer parte de uma concepção única como o Sirius, reforça o DNA da empresa de investir constantemente em tecnologia de ponta e no que há de mais moderno para a execução
de todas as suas obras e serviços.

A conclusão desta obra está prevista para o segundo semestre deste ano, período em que marcará o início da instalação dos equipamentos responsáveis pela geração da luz síncrotron.

0

Add a Comment