AGC investe R$ 700 milhões em nova planta

A Asahi Glass Company (AGC), fabricante japonesa de vidros, anunciou investimento de R$ 700 milhões para a construção de sua segunda planta no Brasil. A empresa não informou o local da unidade, apenas que ela será estabelecida na região sudeste.
Segundo a AGC, a nova fábrica produzirá 850 t/dia de vidro plano, aumentando sua capacidade de produção no Brasil de 600 t/dia para 1450 t/dia. O início da operação está prevista para 2018, com a geração de 500 empregos diretos e indiretos.
“Em um momento delicado da nossa economia, a AGC quer dar um sinal concreto de confiança no futuro do país e na capacidade empreendedora dos nossos clientes e de toda a cadeia vidreira nacional”, afirma Davide Cappellino, presidente da AGC Brasil.
“O Brasil e a América do Sul são mercados estratégicos para a AGC, nos quais pretendemos reforçar a nossa presença”, complementa Jean-François Heris, presidente Global da Divisão Building (produtos para construção civil) da AGC.
A AGC Brasil, que entrou no mercado brasileiro em 2011, atualmente produz em sua fábrica de Guaratinguetá 600 t/dia de chapas de vidro plano nas versões incolor e colorido e com espessuras de 1,8 até 12 mm. Parte da produção é transformada, na mesma planta, em espelhos, vidros pintados e outros produtos para decoração.
A companhia ainda produz vidros para o setor automotivo (para-brisas, vigias, vidros laterais), atendendo as principais montadoras do país e o mercado de reposição de peças.
O grupo AGC fabrica também produtos químicos e vidros especiais para telas eletrônicas (TVs, celulares e dispositivos móveis).

Fonte: Redação OE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *