Cedae pretende investir R$ 4,3 bilhões de 2011 a 2014

De acordo com o programa permanente de obras da Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae), nos próximos quatro anos, a companhia irá investir um volume de recursos da ordem de R$ 4,3 bilhões em obras de implantação e ampliação de sistemas de abastecimento de água, coleta e tratamento de esgotos e serviços, visando universalizar os serviços de saneamento no Estado do Rio até a Copa de 2014.

Os projetos serão detalhados durante o 3º Unicedae 2010 – 3º Encontro Técnico dos Empregados de Nível Universitário da Cedae – que acontecerá em paralelo à 3ª Expo Aseac – Mostra Unicedae de Tecnologia, Materiais e Equipamentos para Saneamento, entre os dias 14 e 16 de abril, no Centro de Convenções SulAmérica. O evento é organizado pela Fagga Eventos, em parceria com a Associação dos Empregados de Nível Universitário da Cedae (Aseac).

Durante o UniCedae 2010 e a 3ª Expo Aseac serão debatidas as experiências e projetos da Cedae para o Estado. Também estarão reunidas empresas, nacionais e estrangeiras, de todos os segmentos do Saneamento Ambiental, dirigentes, executivos e profissionais do setor, além de todo o corpo técnico da Companhia, fabricantes de materiais e equipamentos e prestadores de serviços, que vão mostrar as novas soluções tecnológicas para o setor.

3ª Expo Aseac.

O volume considerável de recursos programados pela companhia de saneamento do Estado do Rio para os próximos anos tem servido de forte estímulo aos fabricantes de tubos, conexões, bombas, sistemas elétricos, hidrômetros e outros equipamentos, materiais e serviços destinados a sistemas de saneamento, além de construtoras, que já garantiram presença com estandes e palestras técnicas na 3ª Expo Aseac / 3º UniCedae 2010.

O interesse é fácil de entender, já que, de acordo com os técnicos da Companhia, 40% dos recursos destinados a projetos de saneamento são voltados à compra de equipamentos e 60% para projetos e obras. No caso dos investimentos da Cedae, isso representará a alocação de R$ 1,72 bilhão na aquisição de equipamentos e R$ 2,58 bilhões em projetos e construção dos sistemas.

A Expo Aseac, que na última edição, em 2008, contou com 30 expositores, este ano deverá triplicar de tamanho, segundo cálculos da Fagga Eventos, organizadora da feira. De acordo com Claudia Leon, gerente de negócios da empresa, a 3ª Expo Aseac é o espaço ideal para as empresas de equipamentos e serviços de saneamento apresentarem seus produtos para o setor. "Participar do evento é uma grande oportunidade de relacionamento com os profissionais que conduzem os principais projetos públicos do Estado", acrescenta.

Além disso, a Feira é um ambiente perfeito para os fabricantes de materiais e equipamentos realizarem novos negócios, estreitarem o relacionamento com empresas, instituições e órgãos públicos do setor, além de promover a integração entre executivos com alto poder de especificação, decisão, projeção da imagem institucional e lançamento de novos produtos, serviços e tecnologias.

Por sua vez, o UniCedae 2010 vai debater experiências e projetos da Cedae para o Estado, além de teses e trabalhos ligados às atividades do setor de saneamento, com ênfase em áreas como micro e macromedição, tratamento de água e de esgotos, eficiência energética, gestão de redes de saneamento e outros temas.

Fonte: Estadão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *