Categorias

1 de março de 2021

Plataforma de informação sobre Infraestrutura, Construção Industrial e Edificações

Companhia elétrica chinesa adquiri participação em UTEs no Porto do Açu

1 min read

A chinesa State Power Investment Corp (SPIC) entrou na participação dos projetos termelétricos em instalação no Porto do Açu, no Norte Fluminense. O O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) já havia autorizo a participação da empresa no negócio.

A companhia chinesa passará a deter 33% nas duas usinas. As duas termelétricas têm como sócias hoje a Prumo Logística, que administra o Porto do Açu, a petroleira britânica BP e a alemã Siemens.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou no último dia 30 de janeiro a comissionamento da usina termelétrica UTE GNA I em Açu, com 1.330 MW, na qual a SPIC se tornou sócia.

Em abril se dará início às obras da outra termelétrica na qual os chineses compraram participação. Trata-se da UTE GNA Porto do Açu III, com 1.672,6 MW de capacidade instalada, com entrada em operação em 2024.

A construção dos empreendimentos tem previsão de cerca de R$ 10 bilhões de investimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *