Extensão da Linha 9 – Esmeralda da CPTM em São Paulo/SP

Construção: Consórcio Concrejato e Alberoni e Arruda (Lote 1)

As obras retomadas no início do ano da extensão da Linha 9-Esmeralda, da CPTM, no extremo da Zona Sul da capital paulista, devem durar até agosto de 2020. O Lote 1 compreende a ligação da estação Grajaú à estação Mendes e o lote 2 conecta trecho após a estação Mendes até Varginha, onde a extensão da Linha 9 se encerra.

No total, são 4,5 km acrescidos ao ramal. O trecho do Lote 1 tem extensão de 2,4 km. De acordo com a Concrejato Engenharia, até o final do mês de setembro de 2019 foram realizadas 19% das obras do escopo contratado.

Atualmente, os serviços de maior expressão que estão em andamento são a execução da linha permanente, estruturas metálicas e a cobertura com telha autoportante, com vão livre de 19 m, no corpo da estação Mendes.

Estão ainda sendo executados na estação os acabamentos internos como piso de granito, serralherias internas, tratamento da estrutura de concreto com verniz anti-pichação, aplicação de manta anti-vibração na via sobre a estrutura de concreto, diversas estruturas de concreto de pequeno porte em complemento ao projeto original, infraestrutura das instalações de baixa tensão e facilities, além dos brises especiais das fachadas.

Em paralelo, foram adquiridos na Europa de fabricante de grande expressão os aparelhos de movimentação de via AMV, que estão em processos final de ajuste de projeto de forma que todos os componentes sejam fabricados com os parâmetros nacionais.

As escadas rolantes por sua vez estão em fase de inspeção final na Espanha para embarque ao Brasil. Também já foram adquiridos quadros elétricos especiais que estão em fase de confecção, equipamentos e materiais especiais da linha de tração aérea.

A obra tem sido acompanhada de perto pelos representantes da Secretaria de Transporte do Estado, que tem demonstrado satisfação com a execução e andamento da obra, segundo a Concrejato.

Os processos internos do consórcio de verificação de projeto têm sido realizados de forma intensa pela equipe de engenharia para garantir que a compatibilização tenha o mínimo de interferências durante a execução da obra, mitigando retrabalhos na obra e improdutividade.
A equipe de planejamento tem feito igualmente um trabalho de alto nível técnico na implementação dos processos Lean Construction para possibilitar o cumprimento dos prazos da forma planejada, para que a ordenação das atividades evite retrabalhos e que a qualidade dos serviços prestados esteja de acordo com o nível de serviço pactuado.

Um comentário em “Extensão da Linha 9 – Esmeralda da CPTM em São Paulo/SP

  • 5 de novembro de 2019 em 11:12
    Permalink

    Mais pessoas em uma linha já totalmente atrasada, que preza para ver os vagões cheios, com campanhas de conscientização, sem padrão (exemplo, vc espera o proximo trem dado que o atual esta cheio, daí vem o maquinista do proximo trem, e para 2 mts da onde era porta, privilegiando aos que furam fila) , com seguranças que cometem abusos de “autoridade” mesmo não as possuindo. Se vc pegar o trem as 13hrs, parece que é as 18hrs, pq eles diminuem a circulação do trem, entao vc demora 10 minutos de intervalo do trem, e todos super cheios. PRIVATIZAÇÃO É A SOLUÇÃO!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *