Governo descarta novos leilões para concessão de aeroportos

O ministro da Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República, Moreira Franco descartou nesta sexta-feira (6) a realização de leilões para a concessão de novos aeroportos. Segundo ele, a ideia do governo era entregar à iniciativa privada apenas os cinco aeroportos que já foram concedidos: Brasília; Guarulhos e Viracopos, em São Paulo; Galeão, no Rio de Janeiro; e Confins, em Belo Horizonte.

Os demais aeroportos brasileiros deverão por enquanto, continuar sendo administrados pela estatal Empresa Brasil de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).

“Dentro do programa definido pela presidenta Dilma Rousseff , de modernização da infraestrutura aeroportuária brasileira, a primeira etapa seria a concessão dos maiores aeroportos, para que pudéssemos trazer grandes operadores e criar um ambiente de concorrência para que o passageiro possa ter, nesta concorrência, vantagens de segurança, preço e qualidade de serviço”, disse.

De acordo com Moreira Franco, o momento agora é de avaliação das concessões que já foram feitas. “Agora precisamos fazer uma avaliação, medir o impacto destas concessões”, disse o ministro, em visita ao Aeroporto de Jacarepaguá.

Durante a entrevista, o ministro também falou sobre o plano de estímulo à aviação regional, que pretende investir em 270 aeroportos de cidades médias e reduzir o preço da passagem aérea para voos que utilizem estes aeroportos. Segundo ele, a redução das passagens será obtida através de um subsídio governamental, que virá de recursos do Fundo Nacional da Aviação.


Foto: Agência Brasil

Fonte: Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *