Parceria entre SP Trans e Volvo quer melhorar sistema de ônibus

O gerente de projetos da Volvo Group Trucks Technology , Rafael Basso, informa que a empresa apresentou em novembro à SP Trans uma proposta de parceria para aumentar a eficiência do transporte público da maior cidade da América Latina, melhorando o aproveitamento da frota que já existe em São Paulo. O anúncio foi feito durante o 5º Open Innovation Seminar, que foi realizado em São Paulo na última semana.

A empresa de trânsito de São Paulo já utiliza um sistema de coordenação de semáforos, cujo aumento de eficiência avaliado na fluidez do transito é de 7,5%. Segundo Basso, a proposta da Volvo é expandir esse sistema, coordenando os dados dos sensores instalados nos faróis com informações via satélite para criar uma rede de comunicação inteligente que evite que os ônibus percam tempo parados no sinal vermelho.

O sistema inteligente foi desenvolvido em Gotemburgo, na Suécia, onde, segundo ele, houve ganho de 20% em relação ao tempo gasto nos faróis e consequente economia de combustível e redução da emissão de gases do efeito estufa. “A partir da integração dos semáforos, o sistema calcula no momento em que o ônibus para no ponto se irá ou não pegar os próximos sinais fechados. Caso a previsão seja de parar adiante, o motorista é orientado a esperar um pouco, permitindo que mais passageiros embarquem naquela estação e evitando paradas desnecessárias ao longo do trajeto”, explicou.

Caso a parceria com a cidade de São Paulo siga adiante, as duas empresas precisarão desenvolver juntas um sistema que se adapte à complexidade de São Paulo. “Para São Paulo, o desafio é mais que dobrar a eficiência de seus sistemas de inteligência de trânsito. Para a Volvo, replicar em um contexto novo seu case de sucesso”, concluiu.

Open Innovation Seminar

O Open Innovation Seminar é o maior encontro global de inovação aberta, realizado anualmente pelo Centro de Open Innovation – Brasil e apoiado institucionalmente pelo Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação. Com o tema “Crescimento sustentável apoiado em redes de inovação: agenda Brasil”, o quinto OIS contou com palestras nacionais e internacionais, workshops e arenas de inovação aberta – grupos de trabalho multidisciplinares em que foram colocados em pauta desafios brasileiros com o objetivo de propor e desenvolver ações de inovação relacionadas a eles. Desde 2008, o OIS reúne especialistas da chamada hélice tripla da inovação – governo, empresas e universidades. Também tem sido apoiado por importantes entidades públicas, como ABDI, ANP, Finep, CNPq e INPI, além de associações, universidades e grandes empresas.

Fonte: Padrão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *