Sotreq marca presença na Rio Infra

A segunda edição da Rio Infra (Feira de Produtos e Serviços para Obras de

Infraestrutura) será realizada de 16 a 18 de novembro. O aquecido mercado de construção e o gargalo em infraestrutura que o Brasil apresenta tem movimentado a economia do setor. Aumenta a demanda do consumidor, cresce a linha de produtos e serviços para o setor e os consequentes investimentos.

A Sotreq, dentro desse panorama, aumentou em 100% sua exposição na Rio Infra. No ano passado, na primeira edição do evento, a empresa esteve presente com 240 m2 e agora fechou um espaço de 550 m2. De acordo com Chrystian Garcia, Gerente Corporativo do Segmento de Pavimentação da Sotreq, a estratégia é aumentar a visibilidade de outros produtos que a empresa trabalha, além da linha de pavimentação, já bastante conhecida. "A Rio Infra é uma ferramenta que ajuda a alavancar os negócios. Com esse aumento de área, vamos mostrar ao público martelos hidráulicos, manipuladores telescópicos e outras grandes máquinas". A Sotreq é distribuidora da linha Caterpillar nas regiões Norte, Sudeste e Centro-Oeste do país.

A Rio Infra 2011 é organizada pela Reed Exhibitions Alcantara Machado, em parceria com a Fagga GL Events Brasil. Em 2010, o volume de negócios gerados durante o evento chegou a R$ 55 milhões. Para este ano, com mais expositores em áreas maiores, a organização prevê uma movimentação comercial ainda maior.

Setores da feira

• Construção e Engenharia

• Veículos, Máquinas e Equipamentos

• Ferramentas

• Transporte e Logística

• Pavimentação e Manutenção de Infraestrutura • Empresas Públicas, Prefeituras, Secretarias e Autarquias • Empresas Privadas e Investidores

Mais informações

2ª Rio Infra (Feira de Produtos e Serviços para Obras de Infraestrutura)

Site: www.rioinfra.com.br

Data: 16 -18 de novembro de 2011

Horário: 11h às 20h

Local: Riocentro / Pavilhão 3 – Rio de Janeiro – RJ (Avenida Salvador Allende, 6555, na Barra da Tijuca) Acesso dos visitantes: Credenciamento on-line gratuito ou convite de expositor

Fonte: Estadão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *