Tigre planeja produção com Opcenter

Solução da Siemens Digital Industries Software foi implementada pela NEO.

O Grupo Tigre, uma das maiores empresas do mundo em  materiais plásticos para construções, adotou o software Opcenter, da Siemens Digital Industries Software, para fazer o seu processo de programação e planejamento de produção (APS, na sigla em inglês).

Com o projeto, implantado pelo parceiro NEO, a Tigre conseguiu reduzir o seu estoque em quase 50%.

No segmento de tubos e conexões, o Grupo Tigre produz cerca de 4,5 mil produtos, em sua maioria injetados ou extrusado, o que gera um volume grande de estoque e demora no sequenciamento da produção.

Com o Opcenter APS, a Tigre gera ordens de produção semanais, explorando todos os níveis da lista de materiais (BOM) e considerando os estoques de produtos semiacabados. Com base nesses pedidos, são analisadas as matérias-primas necessárias, indicando quais materiais estão faltando.

Antes de introduzir o Opcenter APS em seu processo, as ordens de produção eram criadas manualmente. Hoje, elas são criadas automaticamente no software de gestão empresarial SAP usado pela Tigra.

Por meio de um algoritmo de programação específico, o Opcenter APS agrupa pedidos que possuem as mesmas características, minimizando as trocas de moldes e aumentando a produtividade da máquina. 

O sequenciamento considera todas as restrições de manufatura, resultando em um cronograma viável. Com isso, houve um aumento significativo na adesão à programação (planejado versus realizado) de 47% para 95%.

Hoje, as fábricas internacionais do Grupo Tigre em toda a América do Sul estão implementando o Opcenter APS. Com isso, a programação será integrada e os resultados multiplicados por meio da expansão global.

Com faturamento bruto consolidado de R$ 3,5 bilhões, o grupo Tigre encerrou 2018 com aumento de 9% de receita líquida em relação ao ano anterior.

A Tigre está presente em 30 países, conta com aproximadamente 7 mil funcionários, 11 plantas no Brasil e 12 no exterior.

A Siemens Digital Industries Software é uma divisão da Siemens que oferece produtos voltados para a manufatura digital, incluindo software de design 3D (CAD) e gestão de ciclo de vida do produto (PLM), além de soluções focadas em Internet das Coisas, entre outras.

A empresa é parte de um braço maior de automação e digitalização, a divisão Digital Industries da Siemens, no qual trabalham cerca de 20% dos 385 mil funcionários da gigante industrial alemã.

No ano fiscal de 2019, encerrado em 30 de setembro de 2019, a Siemens gerou a receita de € 86,8 bilhões e lucro líquido de € 5,6 bilhões.

FONTE: BAGUETE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *