Empresa de equipamentos elétricos investe R$ 40 milhões em fábrica no interior de São Paulo

A Cooper Power Systems – divisão da multinacional Americana Cooper Industries, fabricante global de equipamentos elétricos com faturamento de U$ 5,1 bilhões em 2010 – vai investir no Brasil cerca de R$ 40 milhões na transferência e expansão da sua produção (atualmente no bairro de Santo Amaro, zona sul de São Paulo) para uma nova planta, que será construída na cidade de Porto Feliz a 117 quilômetros da capital paulista.

A nova unidade irá expandir a produção de Religadores e iniciar a produção de Capacitores e Sistemas de Compensação Reativa, Reguladores de Tensão, Sistemas de Automação e Dispositivos de Proteção como Para-raios e Fusíveis. A unidade será também a base comercial para os negócios de Smart Grid, distribuição de óleo vegetal FR3 e plataforma para outras divisões da Cooper Industries, como a Cooper Lighting, Cooper B-Line, Cooper Wiring Devices e Cooper Safety.

Os novos produtos e soluções atenderão todo o mercado brasileiro e a unidade de Porto Feliz servirá como base de exportação para o mercado latino-americano. “O Brasil é uma prioridade de investimento para a Cooper Industries devido ao forte crescimento econômico, o investimento contínuo em infra-estrutura e os grandes eventos esportivos”, disse o presidente da Cooper Power Systems, Mike Stoessl. “Expandir as operações no Brasil irá consolidar a posição da empresa no apoio ao desenvolvimento do mercado de energia que ocorre em uma das dez maiores economias do mundo”, destacou Stoessl.

O desenvolvimento da América Latina, especialmente do Brasil, gerou a necessidade na empresa de ampliar seu parque fabril e esta unidade irá suprir esta demanda. “As Distribuidoras de Energia, nosso principal cliente, vêm executando elevados e contínuos investimentos buscando aprimorar a qualidade da energia fornecida com foco claro na confiabilidade e disponibilidade, fatores estes que contribuímos diretamente com nossos produtos. Tais investimentos refletem num crescimento em nossos resultados e nos encorajam a ampliar a produção local, bem como a nacionalizar outros produtos” afirma o Vice-Presidente da Cooper Power Systems no Mercosul, Flavio Marqueti.

Com previsão de início de produção para janeiro de 2012, a multinacional irá criar cerca de 200 empregos diretos e mais de mil indiretos. Será construída em um terreno de 90 mil metros quadrados, próximo à Rodovia Marechal Cândido Rondon, tendo como meta inicial receber o certificado LEED Platinum em construções (Leadership in Energy and Environmental Design) que é um reconhecimento na utilização de práticas sustentáveis da construção. “Ao conquistar a certificação reforçaremos a iniciativa sustentável que a Cooper adota seja nos seus produtos com destaque para o óleo vegetal FR3, seja nas suas construções baseadas no respeito irrestrito às boas práticas ambientais”, ressalta Marqueti.

Fonte: Estadão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *