Escoramento e formas na construção da Linha 13 da CPTM

Das três estações da Linha 13-Jade, da CPTM, a serem construídas, estão 60% concluídas a primeira delas. Trata-se da estação Engenheiro Goulart, onde se processará a ligação entre as linhas 12 já existente e a 13.

A nova linha terá aproximadamente 12.2 km e irá atender o munícipio de Guarulhos, que ainda não tem sistema de transporte público ferroviário, além de criar um novo modal de acesso ao Aeroporto Internacional de São Paulo. A linha Jade será composta pelas estações Engenheiro Goulart, Guarulhos Cecap e Aeroporto de Guarulhos. A estimativa é que sejam transportados cerca de 120 mil passageiros por dia pelo novo ramal. O investimento para a construção da linha é de R$ 1,8 bilhão.

Na obra, a SH, empresa de locação de fôrmas e escoramentos, calcula que estão aplicadas mais de 2 mil t de equipamentos, juntando todos os quatro lotes em que a empresa atua. Entre eles estão as fôrmas Tekko e Concreform para execução de pilares e vigas.

O supervisor de contratos da SH, Stanley Marques, explica a atuação dos equipamentos da empresa na obra. “O Concreform foi aplicado na execução dos blocos de fundação e nas demais estruturas das três estações. Já as escadas Modex e a fôrma Tekko, para a execução de algumas travessas para os lotes 2 e 4”, explica. As estruturas de todas as estações e a de acesso ao aeroporto foram executadas em concreto armado.


Estruturas executadas em concreto armado

Fonte: Redação OE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *