Galeria de 1,42 m é construída através de método não destrutivo

A maior espessura já perfurada através do método não destrutivo no Brasil para rede de saneamento foi executada no início de setembro, concluída em uma semana no estado de Goiás.

Utilizando uma perfuratriz Navigator D130x150II, da fabricante norte-americana Vermeer, a Direcenge Engenharia executou o furo de 1,42 m de diâmetro sob a rodovia BR-080. A construção da galeria foi necessária para implantar uma tubulação de 1.200 mm de diâmetro.

De acordo com o sócio-proprietário Adilson Pinheiro, “Tratava-se de uma travessia de rodovia federal, onde havia necessidade de fazer uma perfuração com 54 m de extensão e 1.420 mm de diâmetro, para uma rede de saneamento da Saneago – Saneamento de Goiás”.

A Direcenge atende o mercado de telecomunicações, infraestrutura e os segmentos de gás e saneamento, atualmente sua principal área de atuação.

Outra obra de destaque é a rede de saneamento com 10 km de extensão e espessura de 160 mm para tubos de polietileno (PEAD), localizada em Brasília. Segundo Adilson, já foi executado 50% da obra, com apenas uma Navigator D24x40II. "Estamos fazendo também a solda dos tubos, caso contrário a produção seria ainda maior", afirma.

Fonte: Redação OE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *