Obras no Noroeste: mobilidade, segurança e desenvolvimento

Novacap prevê a utilização de 1.300 toneladas de massa asfáltica. Custo da obra, que será entregue este semestre, é de R$ 2,3 milhões 

Mobilidade, segurança e desenvolvimento econômico são algumas das melhorias que a obra na avenida principal do Noroeste vai proporcionar aos moradores e comerciantes da região. A via W9 Norte, que será pavimentada e sinalizada, está sendo limpa.

Responsável pela obra, a Novacap prevê a utilização de 1.300 toneladas de massa asfáltica nos 12.320 m² de área. A obra, que teve o custo de aproximadamente R$ 2,3 milhões, será entregue este semestre. 

Guilherme Borges, 37 anos, é síndico de um prédio no bairro. Ele lembra que a obra era aguardada há anos pelos moradores. “Antes mesmo de mudar para o Noroeste, eu já torcia para que ela [a obra] acontecesse. A gente tpassa por uma via alternativa, a W7 [Norte], mas que não é segura e ocorrem vários acidentes” comenta

A avenida principal permitirá o tráfego de veículos entre o Setor de Transporte Norte (STN) e a DF-040, próximo ao Setor de Recreação Pública Norte (SRPN). Diretor técnico da Terracap, Hamilton Lourenço Filho reforça que a nova avenida terá capacidade para aguentar um fluxo maior de carros. “Além de ajudar os comerciantes e o mercado imobiliário da região”, ressalta. 

Reserva Indígena Kariri-Xocó e Tuxá do Bananal-DF

A obra começou após a Terracap entregar as chaves das casas provisórias – localizadas na Arie Cruls – para as  famílias das comunidades indígenas Kariri-Xocó e Tuxá. O acordo entre as comunidades, a Terracap, a Defensoria Pública do DF, a Defensoria Pública da União, o Ministério Público Federal e a Funai foi assinado em outubro de 2019.

A Arie Cruls tem de 14 hectares de área e será construída, em definitivo, a Reserva Indígena Kariri-Xocó e Tuxá do Bananal-DF. A Terracap deverá implementar, no prazo de um ano, a infraestrutura, que inclui o sistema de abastecimento de água, esgoto e energia. Ainda serão construídas 16 unidades habitacionais, uma estrutura de guarita, um centro cultural, sete ocas pequenas, um terreiro, além de uma casa de produção de farinha para apoiar a sustentabilidade da aldeia. Todo o perímetro da reserva foi cercado pela agência. 

Ciclovias e pavimentação
A Novacap está construindo uma ciclovia de 5 mil metros quadrados ao lado do Parque Ecológico Burle Marx, às margens da Avenida W7. No mês passado, a companhia pavimentou um trecho de 700 metros, na via que  liga a SQNW 109 com a área comercial.  A demanda foi feita pelos próprios moradores que queriam uma ligação das residências à quadra comercial. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *