Categorias

1 de dezembro de 2021

Projetos que utilizam contêiner de aço estão em crescimento no Brasil

Uso do aço nos contêineres garante durabilidade e rapidez na execução das obras

Já imaginou poder construir sua casa em apenas seis meses, gastando menos em alguns casos e com garantia de um imóvel com beleza e durabilidade? Ou até abrir seu próprio negócio com rapidez e utilizando pouco espaço? O mercado da construção civil está apostando no uso de contêineres de aço, solução que atualmente ganha cada vez mais adeptos no Brasil, por conta da rápida entrega, da sua característica sustentável e, em alguns casos, do baixo custo, quando comparado com a construção convencional.

        Adriana Marin é arquiteta e já atua no ramo de construção em contêiner de aço há mais de 20 anos, desde quando idealizou o seu primeiro projeto arquitetônico: a montagem de uma cozinha em um restaurante na Argentina. Hoje, a sua empresa, a Container4You, realiza uma média de cinco projetos em aço por mês em diversas regiões do país, como lojas, casas, escritórios e restaurantes.

        O maior projeto assinado pela empresa de Marin é de uma casa construída na cidade de Jacareí, interior de São Paulo, onde foi utilizado um total de 19 contêineres de aço. “A casa é um exemplo de inovação arquitetônica, com a utilização de mais de 34 mil toneladas de aço . A obra totaliza 1,870m² e levou apenas 6 meses para ser concluída”, comenta a arquiteta.

        “Projetos da magnitude do realizado em Jacareí, caso fossem erguidos com outro método construtivo, levariam uma média de 2 anos para ficarem prontos”, afirma Marin.

        Já Lara Pereira, proprietária da rede especializada em comidas congeladas, Sabor de Família, localizada em São Paulo, conta que optou por construir seu comércio em contêiner de aço ao invés de optar pela alvenaria tradicional devido ao menor valor de investimento. “Nosso local era um terreno vazio, então esse método de construção, de contêiner de aço, nos permite mover a loja para outros lugares, tornando-a um patrimônio nosso e não do proprietário do espaço.”

        A empresária ainda afirma que outra das diversas vantagens em possuir um negócio em contêiner de aço é o tempo para a finalização da obra, por conta da rapidez na comparação com outros métodos tradicionais, o que também se converte em um fator positivo no ponto de vista financeiro.

Cresce procura por construção em contêineres de aço após pandemia

        Outra empresa do ramo, a Ekontainers, uma construtech do Mato Grosso, afirma que a procura pela construção modular em contêiner de aço mais que dobrou desde o início da pandemia.

“A demanda por orçamentos, projetos e execuções de contêineres em aço aumentou em 60% em nosso escritório após o início da pandemia”, afirma Thomaz Yves, engenheiro e CEO da Ekonteiners. “Há um menor custo de mão de obra, tendo em vista que a construção é industrializada, feita dentro de fábricas”, explica. 

Outro fator positivo na construção industrializada é o controle rígido de todos os processos da fabricação dos contêineres e também a garantia de não haver atrasos na entrega, já que não há problemas com intempéries, como as chuvas. “Enquanto a obra está sendo feita na fábrica, a fundação do terreno é feita em paralelo. Na construção convencional, uma etapa precisa acabar para começar a outra. Com isso, conseguimos entregar construções até seis vezes mais rápido. O contêiner chega praticamente pronto ao local”, explica Yves.

        Por conta da pandemia, em 2020, a CASACOR, a maior e mais completa mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas, desenvolveu o projeto Janelas CASACOR, espalhando contêineres de aço pelas áreas centrais e periféricas de São Paulo com objetivo de materializar as casas no pós-pandemia. A Ekonteiners foi uma das empresas que forneceu os contêineres de aço à exposição da CASACOR. “Os cinco contêineres que disponibilizamos totalizaram 22 toneladas de aço que vieram de reaproveitamento de sucatas”, explica Thomaz Yves.

        Um desses contêineres virou um importante projeto social. Desenvolvido pelo arquiteto Gustavo Martins, a Caixa de Histórias, uma aconchegante biblioteca, que traduz um ambiente como uma ‘nova visão’ do home office, foi cedida depois da exposição para uma comunidade carente da Vila Andrade, em São Paulo. Ali, crianças de cinco a onze anos podem desfrutar de um espaço lúdico e prático.

        Já o Ateliê Sukha, do arquiteto Gustavo Neves, foi pensado para ser um local de atividades de artes para crianças e adolescentes na Cidade Tiradentes, também em São Paulo. O ateliê dentro do contêiner tem como objetivo estimular o olhar para a arte nos objetos cotidianos, mostrando à comunidade que em todos os espaços pode existir beleza. A palavra Sukha vem do sânscrito que significa estar em paz consigo mesmo e estar feliz no tempo presente.

Com o retorno das atividades econômicas após um período mais intenso da pandemia, o Centro Brasileiro da Construção em Aço (CBCA) acredita que as obras feitas com contêiner de aço possibilitam que diversas empresas invistam em projetos outrora estagnados. “Além da economia de gastos em alguns casos e da velocidade de entrega, trabalhar com esse tipo de material ainda expande o ramo de atuação e entrega novas opções de portfólio para as empresas, sem contar a questão sustentável, já que o aço pode ser totalmente reciclado”, analisa a entidade.

FONTE: CBCA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.